Saturday, March 12, 2016

Canadá - Montreal


Hoje o post é sobre a cidade Montreal, na província do Quebec - Canadá. A segunda maior cidade do Canadá em uma província de origens francesas.

Morei em Montreal quase sete anos e tenho saudades de lá. Sem dúvidas a melhor época para visitar a cidade é no verão do Canadá nos meses de Junho a Agosto. Em junho e julho você vai encontrar muito mais atividades culturais e o melhor de graça. Está certo que esse período é mais caro e alta temporada por lá.

O outono do Canadá é muito bonito também, iniciando sempre depois do dia 22 de setembro e vai até o dia 21 de dezembro, mas para pegar o melhor do outono em Montreal você deve chegar no fim de setembro até meados de outubro.

Ilha de Santa Helena - Île Sainte-Hélèlne no Outono - Outubro/ 2008
Bom agora se você não pode ir no verão ou outono, segue algumas dicas para você que está indo a passeio para Montreal.

Basicamente se você ficar só na cidade, digo perto de uma estação de metrô (melhor ficar em um hotel perto de uma estação de metrô principalmente se for no inverno) não vai precisar de carro. Carro você pode alugar se for vistiar cidades vizinhas como Ottawa; cidade de Quebec e Toronto por exemplo há trem ou ônibus também para esses destinos e excursões de algumas empresas que sai bem barato, nunca usei por isso não posso dizer se são boas.

Bom então, o que fazer em Montreal?

1) Conhecer o Vieux-Port de Montreal - Parte histórica de Montreal. A noite pode por lá você pode ir ao Pub Quebequense chamado como "Les 2 Pierrots" que é bem divertido, tem música ao vivo, toca rock e músicas regionais do Quebec, legal para ir com grupo de amigos e amigas. O prédio da prefeitura de Montreal também fica por lá, cenário de um dos filmes do X-Men.

Muitos filmes foram filmados em Montreal, X-Men; Os Smurfs; 12 Macacos; Batman e Robin; Uma Noite no Museu e etc. Por ser mais barato o custo de filmar em Montreal, você achou que estava vendo algum lugar em NY ou nos EUA, mas era Montreal.

No velho porto geralmente também fica durante alguns períodos o Circo du Soleil que foi criado por um quebequense chamado Guy Laliberté. Hoje o circo foi vendido para um grupo americano.

2) Basílica de Notre-Dame - Ainda no Vieux Port de Montreal, você pode visitar a basílica que tem uma apresentação em Inglê ou Francês sobre a história de Montreal. Além de ser muito bonita sua arquitetura.

3) Parque de Mont-Royal - Passear por esse parque também é muito bonito e lá você pode ir ao mirante e ter uma visão de praticamente toda cidade indo até o Chalet du Mont-Royal.

4) Experimentar a Poutine - Você não pode deixar de experimentar a Poutine, prato típico da província do Quebec, mas aprecide com moderação, pois é altamente calórico acho que só um prato tem 1000 calorias, mas é uma delícia: batata fritas; queijo e molho de carne essa é a tradicional há outros tipos de poutine e você pode ir no tradicional restaurante chamado: "La Banquise" ou "Poutine Ville"

5) Jardin Botânico de Montreal - Se tiver tempo visite o Jardim Botânico de Montreal, no inverno é gratuito, mas é mais bonito no verão ou primavera.

6) Biodome de Montreal - Perto do Jardim Botânico você pode visitar o Biodome de Montreal também, se tiver tempo é claro. Eu quando estou em viagens curtas não costumo visitar museus; zoológicos; aquários porque geralmente isso demanda tempo e para viagens de 2 ou 3 dias não sei se vale. Ao menos para mim.

7) Plateau Mont-Royal - Esse é o bairro boêmio de Montreal, mas a noitada em Montreal vai até 2 horas da manhã onde depois desse horário é proibido vender bebida alcóolica. Acabou o alcool acabou a noite. O Plateau é considerado um dos bairros nobres da cidade. 

8) Rue Sainte-Catherine - Esta rua você encontra um pouco de tudo, restaurantes; shoppings; vida noturna; casas de strip tease; bairro gay; entrada para cidade subterrânea ou seja nos seus 11,5 Km você passa do lado predominante inglês (Oeste) para o lado frânces (Leste). Fique atento que as ruas em Montreal podem ter o mesmo número e pode ser Rue Saint-Catherine O (Ouest) e Rue Saint-Catherine E (Est).

9) Parc-Jean Drapeau - Outra dica é visitar o Parc-Jean Drapeau se tiver tempo, lá você vai ver a Biosphere; o circuito de F1 de Montreal que é aberto ao público durante algum período para atividades de lazer e é gratuito.

10) Passear pela cidade subterrânea de Montreal - A cidade subterrânea de  Montreal você pode acessar por prédios comerciais ou por algumas estações de metrô. São 32 Km de galerias. Você pode ir até a estação de Metro McGill e lá você está no centro comercial, um verdadeiro shopping embaixo da terra.

Vale lembrar que uma vez que você compra seu passe para o Metro, você pode usar também no ônibus e não jogue fora depois de usar e entrar em qualquer meio de transporte é sua prova de pagamento, se houver fiscalização e você não tiver com o ticket pode ser multado.

No geral Montreal é bem trânquila, mas dica número um para todo viajante é ficar em alerta com pessoas estranhas muito gentis ou muito solicitas. Sempre lembro do conselho da minha avó: "Nunca fale com estranhos."

Se você for à Montreal e tem saudades da comida do Brasil pode ir nos seguintes restaurantes:

- Rodízio Brasil  - Clique aqui para entrar no site deles. (esse é bom quando o assunto é rodízio)
- Restaurante - La Milsa (esse é para gringo, não foi feito para brasileiro)
- Restaurante Acajou - Comida caseira, muito bom. - Página no Facebook

Distância aproximada de Montreal entre algumas cidades:

- 541 Km de Toronto;
- 198 Km de Ottawa - Capital do Canadá
- 255 Km da cidade de Quebec - Capital da Província
- 152 Km de Burlington, no estado de Vermont - EUA
- 604 Km de Manhattan - Nova Iorque - EUA


Saturday, March 5, 2016

França - Bordeaux - Parte 2

O que fazer em Bordeaux

Mirroir d'eau e Place de la Bourse
Bordeaux em si é uma cidade bem pequena e se você se hospedar no centro da cidade ou perto de um ponto de tram (ou bonde ou veículo leve sobre trilhos - VLT) você não vai precisar de carro para nada aqui, mas você vai precisa de carro para ir à algumas cidades turísticas também interessantes perto de Bordeaux como Saint-Emilion ou visitar as dunas do Pyla que fica na cidade de Arcachon por exemplo.

Na cidade de Bordeaux sem carro você poderá visitar os seguintes lugares:

1) Caminhar pelo Quai de Bordeaux: Você pode sair da Pont-Pierre, que foi construída em 1820 em homenagem a Napoleão Bonaparte até a nova ponte Pont Chaban-Delmas e ver um pouco da cidade do quais. Da Pont-Pierre sentido a nova ponta, você vai poder ver o arco conhecido como Porte de Bourgogne (Século XVIII); mais a frente Porte Cailhau, contruído em 1495 já foi o principal portal da cidade; Place de La Bourse e em frente fica o Le Mirroir d'eau; vai passar também pela Place des Quinconces e bem mais a frente o Quais des Marques onde você pode encontrar poucas lojas e alguns restaurantes. Bordeaux é uma cidade cheia de história por isso não vou descrever cada monumento ou lugar detalhado porque senão não acabo esse post hoje (risos).

Cenelé (se fala canelê)

2) Não deixar de comer um canelé em uma loja Baillardran (referência), você pode encontrar em alguns supermercados também a preços mais baratos, mas um, ao menos, acho que você pode comprar nessa loja.




3) Subir na Torre Peyberland. Infelizmente essa torre não tem elavador, são mais de 100 degraus. Infelizmente a Europa em si não é um lugar amigável para quem tem necessidades especiais. Muitas cidades históricas e medievais que ainda não foram adaptadas.

Logo em frente você vai ver a Catedral de Santo André (Cathédrale Saint-André)

4) Visitar a Cathédrale Saint-André, logo depois da Torre Peyberland, ali perto você vai ver outro prédio bonito que é o da prefeitura de Bordeaux.


5) Opéra National de Bordeaux - Grand-Théâtre - Conhecer o Grande Teatro de Bordeaux e bem perto fica a Rue Sainte-Catherine.

6) Rue Sainte-Catherine, centro de compras de Bordeaux a céu aberto. Lá você tem uma grande variedade de lojas de eletrônicos; roupas; fast-foods; jóias e muito mais.
Jardin Publique de Bordeaux

7) Passear pelo Jardin Publique de Bordeaux lá dependendo da época, se for no verão por exemplo, você pode depois de comprar uma fórmula menu na Le 48, levar seu sanduíche, sentar-se na grama e comer tranquilamente enquanto desfruta um pouco da tranquilidade e beleza do lugar.

8) Descobrir a cidade caminhar pelas ruas da cidade antiga de Bordeaux, observando os detalhes dos prédios e sua arquitetura.



9) Comer em um dos milhares de restaurantes de cidade e não deixar de pedir uma taça de vinho local e como sugestão algumas especialidades da região: foie gras mi-cuit aux figues, le magret de canard, la lamproie, l’entrecotte de boeuf, les escargots à la caudéranaise, l’agneau de lait de Pauillac, les cèpes, etc.

10) Se precisar ir tem o Shopping Meriadeck, lá também tem inúmeras lojas e o Flunch, que é um restaurante com pratos em conta e funcinando o tempo todo. Alternativa senão consegui almoçar entre as 12h e 14h.

Agora de carro você pode ir:

11) Visitar a cidade medieval de Sainte-Emilion, que até dá para ir de trem, mas ai você vai ter que ficar de olho nos horários e custa € 9,00 cada trajeto.

12) Visitar Arcachon e as dunas do Pyla, você também pode ir à Arcachon de trem também, mas ir as dunas é melhor ter um carro.

13)  Não pode esquecer de visitar as vinículas da região. Há empresas que devem fazer passeios programados.

Aqui estão construindo também a Cité du Vin e Bordeaux vai ser tornar o Centro Enologo da Europa.

Bordeaux também faz parte do caminho de Santiago de Compostela.

Acho que uns 5 dias em Bordeaux já dá para fazer bastante coisa. Sem contar com os museus da cidade. Só a visita aos Chateaux (vinículas); Arcachone e Sainte-Emilion cada um vai custar um dia para fazer.

França - Bordeaux - Parte 1 - clique aqui

Pontos turísticos de Bordeaux no TripAdvisor: clique aqui

Tuesday, March 1, 2016

Restaurante Le Riva - Bordeaux, França


Hoje a dica do dia para você que está em Bordeaux ou pensa visitar a cidade é o restaurante Le Riva. Restaurante que funciona de segunda a segunda das 10 da manhã até as 19 da noite. Parei por lá para almoçar e na França os restaurantes estão abertos das 12 até as 14 horas para almoço e reabrem depois a noite para o jantar. Portanto é bom chegar no máximo as 13h 30 se quiser ser atendido, não garanto que você seja atendido depois as 13h 30.

Uma coisa bem legal dos restaurantes na França é que entre esse horário, no almoço, eles tem uma opção chamada "Formule Menu" com o "Plat du Jour" (prato do dia) que sai bem em conta.

Por exemplo, comi um prato bem gostoso e bem em conta por € 10 (dez euros) apenas e um cafézinho. Esse foi só o prato do dia. Geralmente as formulas giram em torno de € 10 a € 20. E alguns oferencem entrada + prato principal + sobremesa, Essa opção você só encontra nos dias úteis e na hora do almoço.

Bom fica a dica, o restaurante é bom, rápido e barato e de quebra dependendo da época que for poderá ainda desfrutar seu almoço a beira do rio Garonne que banha a cidade de Bordeaux. Bom o rio está lá o ano todo hehehehe, o negócio é que as refeições no verão podem ser desfrutadas nas mesas do terraço.

Bon appétit!

Link do restaurante no TripAdvisor: clique aqui
Página do Restaurante no Facebook: clique aqui.

Le Riva
Hangar H17 | Quai des marques33300Bordeaux, França

Sunday, February 28, 2016

França - Bordeaux


Falar de Bordeaux é falar de uma cidade que te leva para uma viagem no tempo. Andar pelas da 5ª maior cidade da França conhecida por seus vinhos é algo único.

Catedral de Bordeaux
A parte histórica faz parte da lista de Patrimônio  da Humanidade da UNESCO por conservar sua arquitetura de prédios do século XVIII. Mas há prédios muito mais antigos como a Catedral de Bordeaux ou Catedral de Santo-André consagrada pelo Papa Urbano II em 1096, sendo que a maior parte da construção do prédio data dos séculos XIV e XV. Somente uma parede da nave é original. Um dos prédios mais bonitos da cidade e rica em detalhes.





Chegando no Aeroporto

Ao chegar em Bordeaux se tiver muitas bagagens é bom ter com você moedas de euro para alugar um carrinho para suas malas. Tenha ao menos uma moeda de 1 euro. Você tem como opção de transporte para o centro além dos taxis um ônibus que te levará até a Gare Jaint-Jean aqui está o site do serviço em inglês ou francês o custo da passagem hoje (28/02/2016) está a € 7,20 (sete euros e vinte centavos). Pegar taxi é bem trânquilo também e eles na maioria não são desonestos. Eu quando cheguei aqui com duas malas grandes e duas médias peguei um taxi até o centro da cidade e foi aproximadamente € 25,00 (vinte e cinco euros).

Onde se hospedar?

A cidade é bem trânquila só tem um lugar que aconselho evitar não por ser perigoso, mas digamos ser a parte menos bonita da cidade é ficar perto da Gare Saint Jean. Os hotéis lá são mais baratos, mas o local não é um dos meus prefiridos agora senão tiver opção por questões financeiras lá pode ser uma opção sem problemas. Eu gosto muito do bairro Chartrons e o bairro Victoria é mais voltado para estudantes. Meriadeck é onde fica o shopping é uma região mais central. 

Os hotéis combram uma pequena taxa diária de € 2,40 por dia além da que vai pagar por se hospedar e se não tiver café da manhã incluído, tem hotéis que cobram € 8,40 por dia. Dependendo do tipo de quarto que ficar eles tem frigo bar e um pequeno fogão elétrico de duas bocas; cafeteira; talheres e copos. Assim você pode ir ao mercado e tomar café no quarto mesmo e até cozinhar senão quiser sair todos os dias para comer fora.

Transporte

Bordeaux é uma cidade bem trânquila com relação a isso. Estou falando só do centro turístico da cidade que é servido de VLT (veículo leve sobre trilhos), o bonde moderno e ônibus. O passe para o transporte você pode comprar nas estações de VLT que permite você fazer integração ônibus + VLT + barco. Sim, tem um barco também que faz transporte pelo rio Garonne que banha a cidade. Aqui está o site da empresa de transportes daqui. Você pode comprar um ticket para 1 viagem no valor de € 1,50 ou até um passe válido para 10 viagens no valor de € 12,40. Tem outras opções também que você pode ver no site. O uso unitário é ilimitado por até 1 hora. Ou seja se você compra um passe de € 1,50 você pode usar quantas vezes for no ônibus; VLT ou barco por até 1 hora. Se você compra um passe de € 12,40, então você embarca (seja no VLT, ônibus ou barco) é descontado 1 viagem e você pode validar em outros embarques por 1 hora sem ser descontado outra vez.

Para andar dentro da cidade é tranquilo, não vai precisar de carro. Tudo é bem perto. Se quiser ir para lugares turísticos próximos pode pegar o trem também ou ver empresas que fazer passeios, isso vou postar na segunda parte.

Taxis

Taxi aqui na França não é igual ao Brasil. Eles ligam o taximetro quando vocês chamam se for o caso de ligar. Por isso verifique se tem um ponto de taxi próximo de você ou então faça sinal na rua mesmo. Porque senão a corrida pode já estar a € 20,00 e você acaba de embarcar porque o taxista estava longe quando ligou. E se eles aguardam você o taximetro já está rodando então não marque bobeira.

Bom, mais sobre Bordeaux na semana que vem. Quero escrever ainda sobre alguns pontos turísticos; dicas de restaurantes e coisas para fazer. Até semana que vem.

Algumas fotos que tirei da cidade de Bordeaux aqui na página do blog no Facebook. Não esqueça de curtir! ;-)

Site de turismo de Bordeaux: http://www.bordeus-turismo.pt

Site da empresa de transportes públicos de Bordeaux: http://www.infotbc.com/en/fares

Serviço de ônibus do aeroporto de Bordeaux:
http://www.bordeaux.aeroport.fr/en/info/bordeaux-airport-shuttle-service

Album de fotos de Bordeaux na página do blog: clique aqui.





O blog não será mais o mesmo...

Bom depois de um tempo sem escrever, pensando em procurar uma nova identidade para o blog pois já não moro no Canadá, o processo de imigração mudou muito e não quero mais ficar aqui falando dos problemas do Brasil; sempre de política; coisas negativas e assuntos polêmicos.
Agora o blog vai ser destinado as minhas experiências de viagens. Como sou uma pessoa que gosto muito de viajar e descobrir lugares; culturas e novos sabores vou escrever sobre restaurantes; coisas para fazer nas cidades; cultura em geral dos lugares que visitei e morei. Agora nesse blog quero compartilhar com vocês um pouco de minhas experiências por esse mundo a fora.

Seja bem-vindo ao novo blog da Premier Monde.

Saturday, June 13, 2015

03 - Violência no Canadá e França, como assim?

Se compararmos a violência do dia-a-dia do Canadá e França com a do Brasil lá não tem violência. O número de vítimas de homícidio nesses países é bem mais baixo que no nosso querido Brasil, mas como não existe lugar perfeito ainda assim devemos ficar atentos aos furtos e ladrões de cateira de Paris por exemplo. Fica ai mais algumas experiências nesse podcast falando sobre alguns casos no Canadá, mais especificamente em Montreal e na França, no caso, Paris.

Saturday, May 23, 2015

02 - Podcast - Vida simples fora do Brasil


Na provincia do Quebec, no Canadá, por exemplo o salário mínimo é de $ 10,55 (dez dólares e cinquenta e cinco centavos por hora). Por mês o salário mínimo bruto seria de $ 1.828,67, quase dois mil dólares canadenses por mês.

Na França por exemplo 1.457,52 €, quase mil e quinhentos euros por mês de salário bruto.

E no Estado de New York, EUA o salário mínimo é de $ 8,75 por hora que dá por mês, trabalhando 40 horas por semana: $ 1.516,67 dólares por mês.